Câmara Municipal de Vereadores - Encruzilhada do Sul RS

Notícias

Encruzilhadense Sergio Luiz Matte recebe medalha Dr Ozy Teixeira

21/07/2017 / Por: Assessoria de Imprensa

A Câmara de Vereadores realizou, nesta quarta- feira (19), Sessão Solene de entrega da Medalha Dr Ozy Teixeira, no Plenário Dr Eliomar Noronha da Rosa. O agraciado com a honraria é o músico encruzilhadense Sergio Luiz Matte, que até o ano de 2005, integrou a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA).
A solenidade foi conduzida pelo presidente do Legislativo, Álvaro Sperb, compuseram a mesa os vereadores Carlos Alberto Prestes (Diudio), Márcio Rassier, Benito Fonseca Paschoal, além do vereador Adriano de Freitas Horna, autor do projeto de resolução para conceder a medalha ao homenageado, representando o executivo estiveram presentes o prefeito Municipal Artigas Teixeira da Silveira e os secretários de educação Solismar Ribeiro Figueiró e de Cidadania e Inclusão Social, Renan Andrade de Souza, completaram a mesa o funcionário do legislativo Tiago Arena Corrêa e o representante da Igreja Quadrangular Pastor Benedito Ribas de Sá.

Logo após o pronunciamento das lideranças, a Orquestra Infantil da Escola Borges de Medeiros fez uma linda apresentação que emocionou a todos presentes. Após a apresentação o homenageado Sergio Luiz Matte se pronunciou agradecendo a todos os presentes, em especial, o Vereador Adriano Horna pela homenagem prestada.

Abaixo transcrevo a biografia resumida do Sr. Sérgio Matte, homenageado da noite.

“Sergio Luiz Matte nasceu em 13 de agosto de 1944, na cidade de Encruzilhada do Sul, filho de Walter Alberto Matte e de Jandira da Silva Matte.

Na primeira infância transferiu-se com a família para a cidade de São Jerônimo, onde inicia seus estudos musicais com o pai, que havia sido violinista na “era” do cinema mudo.

Após a conclusão do curso ginasial, mudou-se para Porto Alegre para estudar no Curso Clássico do Colégio Estadual Infante Dom Henrique, ingressando após no Instituto de Artes da UFRGS no curso de violino. Paralelamente as cadeiras do Instituto, frequentou o Curso de Prática de Orquestra, orientado na Escola de Música da OSPA.

Em 1967 conheceu no Instituto de Artes a pianista e colega Mirian Beatriz Schwantes e realizou com ela vários recitais, culminando a amizade em um relacionamento romântico que teve como desenlace matrimônio ocorrido em 1969. Nesta ocasião, transferiram-se para São Jerônimo, onde por concurso do magistério, Sergio passou a exercer as funções de professor de Educação Artística – Música, e Miriam, as de professora de Didática Musical e Canto Orfeônico na Escola Normal Municipal de São Jerônimo e no Colégio Estadual de São Jerônimo.

        Tempos depois, retornou a Porto Alegre, classificando-se no concurso para ingresso na Orquestra Sinfônica de Porto Alegre – OSPA, em agosto de 1973, passando, então, a integrar a equipe de violinistas, função que ocupou até agosto de 2005, quando se aposentou por tempo de serviço.

        Paralelamente, constituiu com a esposa duo musical formado de violino e piano denominado Duo Matte, que já se apresentou em recitais várias vezes na Capital e em inúmeras cidades do interior, tendo igualmente participado de notáveis eventos sócio-culturais de grande repercussão.

        Também se dedicou ao ensino do violino, lecionando no Conservatório Carlos Gomes e no Conservatório Palestrina, ambos em Porto Alegre”.

 


Fotos


Mais Notícias